Documentário raro, de Manuel Horácio Gimenez, mostrando a Escola de Samba Unidos de Vila Isabel em 1965, faz parte da compilação “Brasil Verdade” de 4 médias-metragens realizados entre 1964 e 1965, lançados na forma de um longa de episódios em 1968, que veio a se tornar um dos clássicos do documentário brasileiro, sendo a produção geral dos filmes de Thomas Farkas.
Ganhou o Prêmio Dziga Vertov no Festival Internacional do Filme, no Rio de Janeiro, em 1967 e Menção Especial no VIII Festival de Cinema dos Povos, em Florença, Itália, também em 1967.

Anúncios