Imagem

NOITE DE IERÊ, IARAS E ERÊS!!!!

Por: Adriana Baptista

Exposição O NEGRO EM CENA, no Teatro Calouste Gulbenkian, celebra 20 anos de carreira do fotógrafo Ierê Ferreira, num gostoso Encontro de Gerações!!

Era véspera do Dia de Jorge, Domingo, 22 de abril, eliminatória da Taça Rio, no Engenhão, com Flamengo X Vasco, muita chuva na cidade carioca…. e, mesmo assim, a comemoração dos 20 anos de carreira do Fotógrafo IERÊ FERREIRA foi o fervo!!!!!

Com a mão no bolso, o apoio de algumas Instituições, Empreendedores Negros(as) e, evidentemente, “sem ganhar nenhum Edital Público”, o Evento , reuniu no “quintal de Tia Ciata” , reuniu cerca de 200 pessoas lindas cantando e dançando  samba bom e muita black music na veia!

A produção foi ousada…. o público, antes de visitar a exposição, tinha que atravessar a área de confraternização e arriscar um “miudinho” na frente do palco. Eu, honestamente, não me contive!!! Levei quase uma hora nesse percurso até chegar aos corredores da Exposição…. Beijei, abracei, apertei!!!! Ô, sorte poder estar com meu povo preto!!!  E não é que a estratégia deu certo?! Ao me deparar com as imagens vivas imortalizadas pelo negro olhar de Ierê, tive a nítida sensação de continuar trocando energia com aquelas fotos… Abdias do Nascimento estava ali… o primeiro da Galeria, recepcionando todos e todas…alguém duvida?

Euzinha, sempre de olho em tudo e todos, guardei alguns detalhes pra vocês e concluí: Era mesmo a FESTA DE IERÊ, IARAS E ERÊS!!!  Os homens que me desculpem, mas a presença das mulheres e crianças na festa foram determinantes! Léa Garcia, a maravilhosa, estava lá com um visual descolado: legging preta, uma bata estampada e acinturada, em tons de vermelho e um casaquinho leve com um caimento perfeito sobre as suas curvas de eterna musa! (ai como eu quero ficar assim quando crescer, gente!!!); Nina Silva e Luanda Negreira(Estimativa), não foram de Cabrocha mas arrasaram , como sempre, Nina com um vestido de um ombro só , todo trabalhado na estampa “escama de peixe”, o torço no cabelo lhe conferia ares de rainha , já Luanda, o vestido era trabalhado na pele de cobra (que perigooo!), e ainda investiu na bijoux assinada por Alexandra Barros; continuei saracoteando e encontrei com Lucinha da Pedra do Sal com o seu bom dread (cultivado há mais de 15 anos)! O visual acertadíssimo! Legging, bota de salto baixo, regata trabalhada na onça e uma blusa branca, leve e solta por cima.  Parte da equipe do Afrocarioca (Monalyza Alves, Luana Páscoa e o Alê)  também passaram por lá… Alexandre Rosa, não precisa de mais nada! Basta aquele sorriso lindo e cativante que ele está pronto pra qualquer evento!!!!

Ficaria aqui o dia inteiro contando detalhe por detalhe…. mas, não dá!

Antes disso, tenho que registrar a presença cativante de Julinha Santos e sua família… D.Eva (a matriarca), Herme pai, Herme irmão e o pequeno Toussaint , sortudo, afilhado do nosso Marcelo Reis! Rubens Barbot também passou por lá (No andar de cima do Teatro, rolava a OCUPAÇÃO NEGRA, espetáculo da Cia. Que leva seu nome!); Ivanir dos Santos também prestigiou (dessa vez, com uma túnica estampada em azul lindíssima!). Também lá esteve Celinha e sua mãe D.Maria que completou 89 anos(Ô, sorte!)

E mais uma vez predominou a alegria das cores sob a nossa cor negra! Axé!!!

Me despedi com imagens que transbordaram meu coração de esperança: jovens e crianças brincando com as máquinas digitais e celulares , com as fotos já imortalizadas por Ierê! Eu mesma confraternizei com D.Ivone Lara, Andréa Baptista e Sandra de Sá!!! Já,Gaio Jorge Baptista, fez questão de pousar ao lado de Zózimo Bulbul.

Beijo carinhoso para a pequena Kisimbê (em Bantu, significa Deusa das Águas doces)… esta não desgrudava do seu celular registrando tudo com atitude e curiosidade… inclusive, o bolo preto!!! Kkkk De chocolate, gente!!! Eram 20 anos profissionais de Ierê!!!!

Quem quiser conferir a Exposição O NEGRO EM CENA, ainda dá tempo! De segunda à sexta-feira, das 9h as 22h, no Hall do primeiro andar – Teatro Calouste Gulbenkian – Rua Benedito Hipólito, 125 (em frente ao Terreirão do Samba – Pça XI)

AGRADECIMENTOS ESPECIAIS:

Aos músicos Pedro Hugo/Elias José/Rodrigo Doni/Walmir Aragão/Bida Nascimento e Frederico Puppy.

APOIO:

Direção do Teatro Calouste(Marcelo Elo)/ Estimativa/ CEAP/ Adrianabaptista.com/ Jaçanã Ferreira/ Luís do Som(Bico)/ Dj Rodrigo Doni/ Lucinha Pedra do Sal/ Paulo Pizzaiollo

Anúncios