Este slideshow necessita de JavaScript.

Por: Ierê Ferreira

Fotos: Ierê Ferreira

 

Coloque uma pegada do surdo de Marquinho Basílio, uma porção de percussão de efeitos dos percussionistas cascudos Marcelo Pizzote, Pelé e Beloba, uma dose dos acordes envenenados do cavaquinista Serginho Procópio, a vibração dos bordões do pinho de Evandro Lima, adicione sábios versos de improviso do professor Marquinho China e decore com a malandragem e malemolência do cantor e compositor Jorge Agrião.

Misture tudo isso no caldeirão de gente bonita que frequenta o Carioca da Gema e você terá o prazer de degustar um dos melhores samba que a cidade maravilhosa tem para oferecer.

O grupo Tempero Carioca, este ano, completou sete anos de existência e vem mostrando seu trabalho de militância no samba tradicional e conquistando o publico frequentador das casas da capital da boemia a Lapa.

 Segundo o cantor e compositor Bira da Vila, o grupo Tempero Carioca traz, em sua essência, o entrosamento total das levadas dos sambas de antigamente com molhos de partido alto, calango e versos de improviso, mostrando a preservação e a valorização do samba carioca. Ele completa dizendo que o grupo tem um vasto repertório apurado, afinado, existindo uma coerência entre o que se canta com o que se toca. E esse é um dos “grandes baratos” desse grupo.

 O Professor Ubirany do grupo Fundo de Quintal agradece por poder presenciar a versatilidade do grupo Tempero Carioca e afirma: – “Isso não é um grupo é uma seleção! Seleção de músicos que curtem e tocam uma seleção do bom samba tradicional”.

Que bom que o Tempero tem todos os ingredientes do samba tradicional. Samba que o Fundo de Quintal curte e sempre defendeu. Ubiraní finaliza dizendo: – “Seja sambista também, mas seja adepto do samba tradicional, assim como o Tempero Carioca.

O grupo Tempero Carioca se apresenta no Carioca da Gema 2 vezes ao mês sempre às quintas- feiras. Maiores informações no site:

 http://www.barcariocadagema.com.br

 Tempero Carioca é Samba Identidade Nossa.

Anúncios